Engenor

Acqualimp leva solução para o combate à seca na região do semi árido

Campinas, 20 de março de 2012 - A Acqualimp, uma empresa do Grupo Rotoplas, está diante de um de seus maiores desafios no Brasil e no mundo. Com dez anos no mercado nacional, a empresa iniciou em janeiro operações de quatro fábricas nas cidades de Petrolina (PE), Teresina (PI), Penedo (AL) e Montes Claros (MG). As fábricas, com 400 empregos diretos e indiretos gerados, produzirão ao longo deste ano 60 mil cisternas de polietileno para atender a primeira fase do Programa Água Para Todos, gerenciado pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), órgão do Ministério da Integração Nacional.
O Água Para Todos é hoje um dos maiores projetos governamentais no combate à seca e na área de saúde pública. Ele prevê a instalação de 750 mil cisternas na região do semi árido brasileiro, castigada pela seca que assola a população cerca de nove meses por ano. Com a instalação de cisternas de Polietileno, com capacidade de 16 mil litros cada, milhões de brasileiros passarão a ter acesso a um produto indispensável a todos: a água, com toda a garantia de qualidade e segurança para a saúde de adultos e crianças que vivem na região. A maioria dessas famílias hoje está exposta, além da própria seca, aos riscos de contaminação pela falta de cuidado no armazenamento e consumo de água imprópria.
Em menos de três meses, seis mil cisternas de Polietileno, uma tecnologia de ponta empregada em vários países, já foram fabricadas, entregues e estão sendo instaladas em dezenas de cidades localizadas na região do semi árido. Neste mês de março, serão entregues outras cinco mil cisternas ao governo e, a partir de abril, entre oito e nove mil unidades por mês passarão a ser fabricadas, acelerando o Programa Água Para Todos e beneficiando milhares de famílias.
O polietileno é uma tecnologia já consolidada no mercado de reservatórios de água residenciais e responde por quase 80% do mercado brasileiro. Além disso, ela é empregada com enorme sucesso em muitos países, dentre eles Austrália e México, com situações climáticas semelhantes ou até mais agressivas que no semi árido brasileiro.
Do primeiro lote de 6 mil cisternas fabricadas e já instaladas na região, apenas duas (um percentual de apenas 0,04%) apresentaram problema de deformação na cidade de Cedro (PE). Essa situação foi resolvida em menos de 24 horas da ocorrência do fato, com a troca por novos produtos, como determina o contrato de licitação assinado pela empresa com a Codevasf. O problema técnico que originou o problema está sendo analisado por uma equipe de engenheiros e, a princípio, está dentro do desvio de padrão existente de uma linha de produção. Ou seja, elas não derreteram por causa do calor, mas sim por razões técnicas que estão sendo apuradas. São muitos os tipos de plásticos. Porém, o Polietileno é durável e altamente resistente quando exposto ao sol.
Especializada em soluções para armazenamento, tratamento e saneamento de água, a Acqualimp está no Brasil há dez anos produzindo cisternas e outros produtos de Polietileno, seguindo rigorosamente as normas técnicas (ABNT) nacionais e internacionais. A qualidade reconhecida de seus produtos e a constante preocupação com todo o processo produtivo alçaram a empresa entre as marcas mais admiradas e respeitadas pelo consumidor do País, além de prêmios recebidos por sua eficiência e inovação.
Hoje, a Acqualimp tem sede na cidade de Valinhos, Interior de São Paulo, e com uma segunda planta industrial na cidade de Extrema (MG).
Já o Grupo Rotoplas, com sede no México, é a líder mundial pelo processo de rotomoldagem. Com mais de 30 anos de experiência e inovação, o Grupo está presente em 16 países na America Latina, sendo líder em 15 deles, com taxa de expansão anual entre 10% e 15% de vendas.

Fonte: brasilengenharia.com.br



Copyright © ENGENOR - Engenharia do Nordeste
Salvador - Bahia